handtalk

Notícias

Colaboração firmada entre o PPG em Ciências da Saúde da USF e o Instituto da Espanha

14/12/2021
Colaboração firmada entre o PPG em Ciências da Saúde da USF e o Instituto da Espanha

Um novo convênio de cooperação internacional foi firmado pela Universidade São Francisco (USF) e pelo Instituto Josep Carreras, Barcelona, na Espanha. Além de um convênio geral, esse é o primeiro instituto espanhol que passa a fazer parte da lista de convênios de mobilidade acadêmica para docentes e discentes do Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Ciências da Saúde.

A partir da nova parceria, o Instituto Josep Carreras recebeu, no mês de dezembro, o aluno de doutorado, Salvador Sanches Vinces, orientado pela docente do programa Profa. Patrícia Carvalho, para a realização de seu doutorado sanduíche através do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE - Capes). Salvador será integrado ao grupo coordenado pelo Dr Gaël Roué e pelo Prof. Marcelo Lima Ribeiro, docente do PPG em Ciências da Saúde que atualmente desenvolve parte de sua pesquisa no Instituto.

O grupo de pesquisa trabalha com linfomas de células B e tem como principal meta a busca por novas terapias mais seletivas e com menos efeitos adversos. Para tal a equipe trabalha na caracterização de novos fármacos utilizando modelos experimentais inovadores. Dentre os projetos desenvolvidos pelo grupo destacam-se (1) Desenvolvimento de uma plataforma de xenoenxertos derivados de pacientes para a avaliação de novas terapias direcionadas em linfomas de células B agressivos e (2) Modulação do microambiente linfoide por homeostase intrínseca de proteínas em linfoma de células B agressivo.

Tendo em vista que todos os projetos envolvem a integração de uma grande quantidade de dados genômicas, transcriptômicos e proteômicos, o bolsista estará envolvido diretamente no desenvolvimento de modelos in silico para buscar biomarcadores associados à resposta terapêutica. “É uma grande honra e privilégio poder participar de pesquisas desenvolvidas em um instituto de ponta na área de leucemia. Além disso, os projetos são de interesse de laboratórios farmacêuticos multinacionais e devem contribuir na produção de novos fármacos passíveis de gerar inovação na área da saúde”, declarou Salvador.

 

Palavras-chave


Histórico de Notícias