Notícias

Semana de Planejamento Pedagógico e Formação promove oficina com a temática ética e afetividade

02/08/2022
Semana de Planejamento Pedagógico e Formação promove oficina com a temática ética e afetividade

Durante a Semana de Planejamento Pedagógico e Formação do 2º semestre foi realizada, via Google Meet, nos dias 25 e 26 de agosto, a oficina “Ética e Afetividade na relação interpessoal entre docente e estudante: limites e fronteiras nas relações”.


A palestrante foi a professora, consultora e especialista em mediação de conflitos, Ludmila Stigert, que abordou sobre a ética e a afetividade na prática docente. “Estar em contato com professores e colaboradores da USF foi uma experiência incrível. Fui acolhida desde o convite para participar do evento. Recebi amparo, apoio e muito carinho da equipe. Espero que as relações sejam cada vez mais empáticas e assertivas e cheias de afeto!", comenta Ludmila. E explica “Nós estamos a lidar com o outro, em uma prática pedagógica interacional, relacional, dialética, dialógica e que requer modelos educacionais empáticos e assertivos, mas acima de tudo, permeada por comunicações éticas, em que o respeito ao sujeito que está interagindo deve ser mantido”.  


Em sua palestra, traz que a prática educativa é uma prática ética, ressaltando a ética do cuidado, sob o olhar do respeito, integridade, humanidade e a ética da alteridade que alberga uma escutatória, de uma escuta dinâmica, também calcada no respeito e na integridade. Ambas se complementam filosoficamente, em que o docente orienta sua postura em suas relações tanto com os discentes quanto com docentes e outros indivíduos.


Ressalta também os desafios da docência em que é requerido do profissional professor um posicionamento dentro da sala de aula, da instituição, da plataforma, das mídias digitais e dos eventos diversos dentre e fora da universidade, tendo um comportamento ético e coerente ao exercício da sua profissão.


E por fim, alerta quanto à aspectos que envolvem o assédio moral e sexual, sendo requerido atentar-se quanto a possíveis impactos éticos-jurídicos, visto que o meio educativo é um terreno fértil para o assédio, um tema que embora possa gerar certo desconforto precisa ser colocado em pauta no ensino superior, tal como a palestra propõe.  


Participaram professores e funcionários de diferentes setores da Universidade. Todas as atividades realizadas podem ser acessadas no site do evento.

Palavras-chave


Histórico de Notícias